Dicas para manter uma alimentação equilibrada no dia a dia

A maioria dos nutricionistas recomenda uma alimentação equilibrada para que qualquer pessoa permaneça em forma e saudável. O significado exato de uma dieta equilibrada, no entanto, não é muito claro na mente de todos. 

Uma dieta equilibrada não é como uma dieta radical, pois permite que você coma tudo o que um adulto médio deve, mas em proporções ideais. Você pode, por exemplo, se divertir com uma máquina de rechear pão de alho.

Além disso, para manter um equilíbrio adequado, você não pode comer apenas um tipo de alimento. Isso resultaria em você perder a nutrição essencial que vem de refeições completas. 

Uma alimentação equilibrada está completa apenas quando você tem uma variedade de alimentos de todos os grupos de alimentos contribuindo para sua ingestão nutricional.

Uma alimentação que vem de uma mistura saudável de carboidratos, proteínas, cálcio, gordura, vitaminas e minerais, é idealmente equilibrada. Com referência ao hábito alimentar brasileiro, nossa dieta tradicional é considerada saudável.

Uma vez que uma alimentação média consiste em:

Você pode facilmente planejar uma refeição equilibrada com esses produtos alimentares.

Resumo deste maravilhoso conteúdo

Benefícios de manter uma alimentação equilibrada

As vitaminas e minerais que você consome de uma ampla variedade de alimentos ajudam a manter suas células, tecidos e órgãos. Além disso, uma boa dieta mantém você em forma, permite um peso saudável, reduz o percentual de gordura em seu corpo e lhe dá energia.

A nutrição adequada leva a uma melhor imunidade, garantindo assim que você não adoeça com muita frequência e uma refeição bem equilibrada ajuda a melhorar as funções cerebrais e mantém sua mente ativa.

Nutrição derivada de uma dieta equilibrada

O conceito de alimentação equilibrada nada mais é do que uma execução prática da tabela alimentar que estudamos na escola. Inclui todos os grupos de alimentos e nos dá a quantidade necessária de nutrição de cada um deles.

Carboidratos

Sua dose diária de energia vem de carboidratos na forma de amido. Itens alimentares como arroz, pão, roti, massas, açaí atacado salvador, cereais e grãos dão ao seu corpo os carboidratos de que precisa para uma rotina interessante e dinâmica.

Proteína

Neste tópico, é possível dizer que as leguminosas (que são ervilhas, rajma, chana, soja etc.), ovos, peixe e carne são as principais fontes de proteína em uma refeição regular e que te dê bastante sustância. 

Além disso, uma distribuidora de carnes nobres pode ajudar você a introduzir esses alimentos no seu dia a dia. A alimentação brasileira é, em geral, baseada em fontes vegetais e há itens alimentares seletivos que oferecem ampla proteína, como peixes e aves. 

No entanto, incluir lentilhas e leguminosas suficientes em sua refeição diária pode repor a necessidade de proteína caso você tenha restrição alimentar para uma dieta vegetariana.

Gordura

Laticínios como manteiga, óleos à base de sementes de oliva, farelo de arroz, amendoim e gergelim, nozes secas, etc. são boas fontes de gordura. Essa gordura é essencial para que sua proteína funcione de forma eficaz e proteja os órgãos vitais. 

No entanto, você deve ficar atento ao seu consumo de gordura, para não exagerar ou apelar. Você também pode incluir peixes e outros frutos do mar em sua dieta, pois são ricos em ácidos graxos saudáveis. 

Eles podem ser facilmente encontrados em um atacadista de frutos do mar. Essa gordura saudável suporta a função cerebral e é boa para o fígado.

Cálcio

Produtos lácteos como leite, queijo, iogurte e soro de leite coalhado, e produtos de origem animal como ovos e alguns peixes podem suprir sua necessidade diária de cálcio. 

Aqueles intolerantes aos produtos lácteos, ou incapazes de obter cálcio naturalmente, podem recorrer a fontes alternativas de cálcio, geralmente processados por maquinas e equipamentos para industria alimentícia.

Vitaminas e minerais

Todas as frutas, legumes e nozes são ricas em vitaminas e minerais. As vitaminas ajudam todos os outros nutrientes a fazer seu trabalho com eficiência. Minerais, que você pode obter de peixes, frutos do mar e vegetais, trabalham em sua pele, cabelo e ossos.

Idealmente um adulto saudável médio deve dividir suas refeições em 50% de carboidratos, 20% de proteína e 30% de gordura. A ingestão de vitaminas e minerais dependerá de qualquer deficiência ou excesso do mesmo em seu corpo.

Como manter uma alimentação equilibrada

Procure fixar seus horários de refeição e cumpra-os. Idealmente, você deve comer 3 refeições principais e 2 lanches em um dia, com um intervalo de 3-4 horas entre cada uma, a menos que instruído de outra forma pelo seu médico.

Tente obter os principais nutrientes de cada refeição. Um lanche com equilíbrio proteína-carboidratos-vitaminas é mais saudável e saciante do que um lanche à base de carboidratos e açúcar.

Substitua alimentos processados ​​e embalados por frutas, nozes e alimentos frescos ao mesmo tempo em que limita sua ingestão de gordura à porcentagem necessária. Além disso, observe o consumo de açúcar e sal.

Tente não ver a comida como ruim ou boa. Isso é crucial para criar uma relação saudável com a comida. Existem certos alimentos que devemos comer menos, mas nenhum alimento é o inimigo (a menos que você tenha alergia, é claro).

Tenha o amido necessário e as gorduras saudáveis, para não perder energia. O alimento feito por uma distribuidora de biscoito de polvilho pode ser uma alternativa saudável. 

Considere o uso de grãos integrais como milho, quinoa, aveia, arroz integral e cereais semelhantes. Inclua mais proteína do que amido em suas refeições. Equilibre com legumes e frutas.

Seja ativo fisicamente e mentalmente. O exercício ajuda a quebrar os carboidratos e proteínas para que seus músculos absorvam a nutrição necessária. Comprar equipamento de pilates e utilizá-los pode ajudá-lo a estimular seus músculos.

Não se esqueça de sua ingestão de cálcio e minerais. Se as suas refeições não são suficientes para a quantidade necessária, considere suplementos alimentares, após consultar o seu médico.

Beba pelo menos 2-3 litros de água diariamente. A água ajuda a decompor os alimentos e a desintoxicar o corpo, para que os nutrientes essenciais funcionem adequadamente.

Por último, mas não menos importante, durma bem. Uma dieta equilibrada só será eficaz se o seu corpo fizer o exercício e o descanso necessários. 

Tenha foco e consistência

Começar algo é fácil. Mantê-lo ao longo do tempo é a tarefa mais difícil. 

Criar uma dieta e estilo de vida equilibrados é encontrar o que funciona para você, então não seja muito duro consigo mesmo se cometer erros, apenas tente voltar aos trilhos imediatamente. 

Crie um estilo de vida que você possa sustentar e, o mais importante, que o faça feliz.

Lembre-se de quais são seus objetivos. Se seu objetivo é perder peso, construir músculos, ficar mais forte, ficar em forma ou simplesmente ter uma vida mais balanceada. Lembre-se por que você está fazendo as mudanças e escolhas que você é.

A comida tem um efeito positivo sobre nós quando ouvimos nosso corpo e não apenas nossas papilas gustativas. Uma dieta saudável complementada com exercícios, bom sono e pensamento positivo pode incluir uma dieta equilibrada em seu sentido mais verdadeiro. 

Fale com um nutricionista para saber qual dieta funciona melhor para você. Peça ajuda! Seja de um profissional de saúde ou fitness ou apenas de amigos e familiares. 

Fazer mudanças de qualquer tipo pode ser um desafio, portanto, ter o apoio de outras pessoas é a chave para o sucesso. Dedicação e consistência são fundamentais para criar novos hábitos saudáveis ​​e consistência é fundamental para alcançar seus objetivos. 

O planejamento de refeições elimina as suposições da alimentação e pode ajudar a garantir que você coma uma variedade de alimentos nutritivos. Encontre alimentos econômicos. Crie uma lista de compras com antecedência para ajudar a manter um orçamento.

Diário alimentar

Uma ótima maneira de manter o controle dos alimentos que você está comendo ao longo do dia é manter um diário alimentar. Existem muitos aplicativos disponíveis que podem ajudá-lo a fazer isso e até informam o valor nutricional dos alimentos que você está registrando.

Estar atento ao que você está colocando em seu corpo ajuda você a fazer melhores escolhas e entender o conteúdo de macronutrientes de seus alimentos. Se você achar que está com dificuldades, peça a um personal trainer ou nutricionista qualificado para ajudá-lo.

Cortar grupos de alimentos e viver apenas de shakes não é uma maneira sustentável de viver, e se privar de comida muitas vezes leva a desejos e farras. 

Fazer pequenas mudanças gerenciáveis ​​é uma maneira muito mais bem-sucedida de perder peso e manter o peso. É uma mudança de estilo de vida, não uma dieta temporária.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Nutricionista Gustavo Schneider

Nutricionista CRN2 8501 - Formado pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali) e Especialista em Nutrição Esportiva pela Universidade Gama Filho (UGF). Entusiasta do uso de suplementação alimentar consciente e alimentação saudável

Separamos estes conteúdos especialmente para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Go up