Há muitos benefícios do Pilates para a saúde da mulher. Neste post, conversaremos um pouco sobre alguns deles.

A sensação que temos é que o Pilates nasceu um dia desses. Acontece que não é bem assim. Cerca de uma ou duas décadas atrás, essa modalidade de exercícios não era muito popular aqui no Brasil, de fato. No entanto, o Pilates é uma prática mais antiga do que imaginamos.

Criado na década de 1920, pelo alemão Joseph Pilates, a Contrologia – primeiro nome adotado para os exercícios – servia para promover mais controle dos movimentos e uma maior conexão da mente com o corpo.

Joseph Pilates acreditava que com um corpo mais equilibrado e controlado, o indivíduo conseguia restaurar sua saúde e obter a cura para diversas enfermidades, das mais amenas até as mais graves. Ele estudou bastante os princípios da Acupuntura e, baseando-se nessa ideia de equilíbrio, passou a desenvolver os primeiros movimentos.

O Pilates hoje está presente praticamente em todas as academias do Brasil e há institutos que se dedicam apenas nessa prática. A qualidade de vida obtida através dos movimentos é, de fato, reconhecida.

Apesar de trazer vantagens para todos os gêneros e idades, queremos mostrar neste post os benefícios do Pilates para a saúde da mulher. Contaremos como os exercícios podem ajudar desde o controle do peso até a prevenção de doenças da terceira idade. Confira!

Benefícios do Pilates para a saúde da mulher

Pilates na Saúde da Mulher
Prática de Pilates e a Saúde da Mulher

Como citamos anteriormente, apesar de ser uma modalidade de exercício muito democrática, o Pilates traz uma série de vantagens para a saúde da mulher e queremos destacar algumas delas.

Controla a incontinência urinária

Principalmente na gestação, a incontinência urinária é um desconforto muito grande. Os benefícios do Pilates para a mulher grávida são muitos e esse é um deles.

A resposta está nos movimentos. O grande princípio do Pilates é controlar, de forma consciente, os movimentos do corpo. Para isso, você utiliza o equilíbrio e a respiração da forma mais precisa possível.

Para conseguir esse controle, utilizamos os músculos estabilizadores do tronco, o nosso centro de força. E é exatamente nesta região que está a musculatura do assoalho pélvico.

Portanto, sempre que o corpo realiza movimentos que exigem essa contração, exige também que o assoalho pélvico trabalhe positivamente. Com o avançar da prática, a grávida percebe que as idas ao banheiro, que são tão incômodas, são controladas.

Reduz os sintomas da TPM

Quase nada deixa uma mulher tão irritada e desconfortável quanto os sintomas da Tensão Pré-Menstrual. A boa notícia é que o Pilates também beneficia o corpo feminino e manda embora essas dores.

A primeira explicação está na maior liberação de endorfina. Quando alguém pratica exercício, o metabolismo acelera e isso gera um aumento na circulação do sangue. Por consequência, há uma liberação maior de alguns hormônios e um deles é a endorfina, um dos hormônios da felicidade, que traz uma sensação maior de bem-estar e prazer.

A segunda razão está nos movimentos. Eles melhoram muito a condição dos órgãos pélvicos e extra pélvicos, melhorando a retenção de líquido e o fluxo sanguíneo. Além disso, ainda ajudam bastante na redução das dores originárias pela cólica menstrual.

Pilates Ajuda a Melhorar os Sintomas da TPM
Pilates Ajuda a Melhorar os Sintomas da TPM

Melhora o condicionamento físico de gestantes

Pouco mais acima mostramos os benefícios do Pilates para incontinência urinária na gestação. Porém, as vantagens dos movimentos para grávidas vão um pouco além:

  • Melhora a qualidade do sono;
  • Estabiliza a coluna lombar, fazendo com que as dores na coluna sejam praticamente eliminadas;
  • Melhora o humor da grávida;
  • Reduz os inchaços comuns da gravidez, pois controla a circulação sanguínea;
  • Ajuda o bebê a se encaixar melhor para o parto, principalmente no último trimestre.

É importante, no entanto, lembrar que a futura mamãe precisa passar por uma avaliação médica antes de iniciar a prática do Pilates. Para trazer ainda mais segurança, é indicado que ela procure um instrutor com experiência em gestantes, para criar um plano de exercícios ideal e sem riscos.

Ajuda a reduzir o excesso de peso

Esse pode não ser um benefício exclusivo das mulheres, mas elas são bem mais beneficiadas com a prática. Principalmente para mulheres que estão na Menopausa, onde a dificuldade de perder peso é maior, o Pilates é indicado.

Os benefícios do Pilates na perda de peso começam na queima de calorias, que é bastante elevada em cada aula. Citamos ainda o condicionamento físico que é melhorado, principalmente dos braços, das pernas e do abdômen.

Claro que é preciso seguir uma alimentação balanceada para obter ainda mais resultados.

Há contraindicação?

Mesmo sendo em poucos casos, a prática do Pilates é contraindicada para algumas pessoas. Mulheres que passaram por Mamoplastia recente ou que fizeram implante de silicone não podem praticar a atividade nos três primeiros meses após a cirurgia.

A resposta está nos movimentos, pois como exige muita movimentação do braço, isso pode resultar na má recuperação cirúrgica. O ideal é sempre conversar com o médico para saber quando está apta para praticar o Pilates.

De uma forma geral, é sempre indicado que você procure um nutricionista e um instrutor para conversar. Veja quais as suas restrições e quais as indicações desses profissionais. O Pilates não restringe a mulher em nenhum tipo de estatura, mas é sempre válido prevenir contra problemas.

Mulher praticando exercício de pilates
Quando bem orientado o Pilates só traz benefícios para saúde!

Principais cuidados na hora de praticar Pilates

Agora que você já conheceu os benefícios do Pilates, sabemos que está bem mais animada para praticar a atividade. No entanto, indicamos alguns cuidados importantes:

  • Nunca inicie uma atividade sem avaliação médica. Como citamos anteriormente, procure seu médico e veja o que ele recomenda;
  • Também não pratique o Pilates por conta própria. Apesar de alguns movimentos serem bem simplistas, exigem uma técnica e somente instrutores podem orientar você quanto a isso. Você pode praticar em casa, desde que tenha a orientação correta;
  • Evite copiar movimentos de outra pessoa. Se você tem uma amiga ou parente que também pratica Pilates e sabe um movimento que você ainda não fez, leve para seu instrutor. As aulas são bastante individualizadas e o que é positivo para o corpo de uma pessoa, pode não ser para outra.

Depois de conhecer os benefícios do Pilates, queremos convidar você para conhecer os acessórios para Pilates disponíveis na nossa loja virtual. Enviamos para todo o Brasil de forma rápida e super segura!