Dicas para atingir a hipertrofia

Atingir a hipertrofia é o objetivo de muitas pessoas que praticam musculação, mas é um processo que demanda tempo e muito cuidado para ser realizado de maneira saudável, ou seja, sem oferecer riscos para sua integridade física.

É importante dizer que para atingir esse objetivo, é importante que a pessoa sempre avalie as embalagens de papel para alimentos, principalmente para saber se aquele consumo vai de encontro às atividades físicas.

Pois bem, muitas pessoas acreditam que a hipertrofia muscular pode ser alcançada simplesmente forçando seus limites nos exercícios, mas a verdade é que existem diversos fatores que se unem para gerar este resultado.

Dentre eles, é preciso destacar particularmente:

  • Dieta específica;
  • Suplementação;
  • Rotina de exercícios;
  • Repouso.

Todas estas etapas são essenciais para você conseguir os melhores resultados para esse tipo de situação, aumentando consideravelmente suas oportunidades de otimizar sua saúde enquanto busca um resultado estético específico.

Além disso, o melhor caminho a seguir se você quiser iniciar um processo de hipertrofia é consultar um profissional. Um bom instrutor formado em educação física é o primeiro passo para se comunicar, para que ele acompanhe seu treinamento.

Ademais, este profissional pode recomendar especialistas para exames e preparos adequados, por exemplo, uma empresa de medicina do trabalho, para você trabalhar a hipertrofia corretamente e de forma saudável para suas ações.

A hipertrofia muscular em si é o processo de aumentar o volume dos músculos através da sobrecarga. Neste caso, você gera uma resposta do organismo que começa a pedir do corpo mais força de trabalho.

Este é um processo que demanda atenção e cuidados constantes, uma vez que o músculo pode reverter para seu tamanho normal em caso de queda na produtividade de exercícios físicos.

Por conta disso, trabalhar com a hipertrofia é um processo constante e que exige atenção e dedicação, uma vez que é possível perder rapidamente esse tipo de ação, possibilitando uma estrutura muito menos adequada para você.

Resumo deste maravilhoso conteúdo

Como trabalhar a hipertrofia muscular?

O primeiro passo que você deve ter em mente para esse tipo de mudança estrutural é fazer exercícios físicos regularmente. 

Entretanto, é preciso atenção e planejamento para alcançar os resultados desejados e conseguir passar em um exame admissional para empresas, uma vez que a hipertrofia é um processo único.

Por isso, é importante que você tenha acompanhamento para identificar os elementos que mais podem te auxiliar nesse processo, conquistando assim uma estrutura adequada para suas atividades.

Além disso, é importante ter em mente que cada pessoa é única, e nem sempre as mesmas rotinas e suplementações funcionarão para todas as pessoas, ainda que ambas estejam fazendo o mesmo tipo de processo.

Por conta disso, é importante que você adapte as atividades a sua realidade e ao seu corpo, permitindo-se aproveitar melhor os elementos responsáveis pela hipertrofia e garantindo uma estrutura saudável para atingir seus objetivos e conseguir uma melhor análise ergonômica do trabalho.

Atividade física para ganho de massa

A hipertrofia depende do ganho de massa muscular para ser funcional, e existem diversos exercícios que podem ajudá-lo a atingir esse resultado. Tanto o treino pirâmide quanto outros focados nesse tipo de ação que potencializam seus resultados.

É preciso fazer cada exercício de forma correta, entretanto, para evitar complicações durante esse processo e observar corretamente o ganho de massa muscular, ampliando seu potencial de hipertrofia.

O treino pirâmide é um pouco mais simples, e é ideal para aqueles que estão começando na atividade. Esse tipo de treino ajuda a ganhar massa muscular com atividades que você consegue se adaptar mais facilmente.

Outro modelo muito comum é o drop-set, mas este é um formato bem mais avançado. Isso porque as técnicas no drop-set são muito mais intensas que em atividades comuns, o que aumenta o risco de você sofrer uma lesão, sendo importante ter sempre à mão materiais hospitalares.

Para esse tipo de treinamento, o acompanhamento de um profissional é obrigatório, tanto para corrigir posturas e formas de trabalhar os exercícios, como uma forma de primeiro socorro no caso de você se lesionar durante a atividade como um todo.

A principal diferença entre essas duas atividades é o foco do treinamento. Enquanto a pirâmide busca aumentar a força física, o drop-set é um treino focado em ganhar mais resistência para seus músculos.

O treino drop-set foi criado em 1947 por Henry Atkins, na época editor da revista Body Culture, em uma época onde o fisiculturismo ainda não estava tão em alta. A técnica busca a fadiga muscular como catalisador do ganho de massa, o que é bastante funcional.

A base do exercício é começar com um peso maior e ir reduzindo-o de forma progressiva, permitindo que você consiga treinar por mais tempo, uma vez que o exercício vai se tornando mais fácil conforme você se cansa mais.

O ideal é começar qualquer exercício em particular com a carga completa que você aguenta, e ir diminuindo aos poucos a cada nova repetição. 

Não há um limite de repetições que pode ser realizado, o ideal é fazer o quanto você conseguir da atividade sem atrapalhar seus horários em uma empresa de transporte de produtos quimicos, por exemplo.

Já o treino pirâmide é muito mais adequado para pessoas que não têm costume dentro da hipertrofia, mas já são praticantes de musculação. Dentre seus entusiastas, é possível citar o ator e fisiculturista Arnold Schwarzenegger, que declarou várias vezes sua preferência por esse modelo.

No caso do treino pirâmide, existem diversas maneiras de realizar a atividade. A principal, entretanto, inicia com pesos mais leves, mas com números maiores de repetições. Conforme você adiciona mais peso, vai reduzindo as repetições.

Dessa maneira, você consegue ir aplicando mais força conforme as atividades vão aumentando, potencializando esse tipo de estrutura e garantindo um processo adequado para o treinamento.

Ainda é importante ter um instrutor por perto, principalmente para avaliar a qualidade dos exercícios que estão sendo realizados e ajustar postura e peso para um modelo que esteja mais próximo de sua necessidade, além de usar equipamentos de proteção individual e coletiva.

Alimentação adequada

Na hipertrofia muscular, a dieta também sofre alterações específicas para atingir seus objetivos de ganho de massa, por isso é importante saber o que comer e como comer para conseguir resultados mais rápidos.

Os dois principais elementos que geram as calorias necessárias para a hipertrofia são as proteínas e as gorduras boas, evitando sempre produtos industrializados e vícios alimentares, que podem prejudicar seu desempenho.

Produtos naturais são muito importantes para a alimentação nesse processo, como ovos, peixe e frango. Estes alimentos são potentes para a hipertrofia e podem ser consumidos sempre. Além disso, é interessante adicionar carne vermelha, mas não todos os dias.

Dentre os carboidratos, a melhor opção são produtos naturais, como o arroz integral e a batata doce. Frutas também são muito bem-vindas, mas é preciso se alimentar delas inteiras, e não em formato de suco.

As gorduras também fazem parte desse processo de alimentação, mas é preciso se atentar para escolher gorduras boas para seu corpo, como as presentes em nozes, amêndoas e sementes, que também acabam sendo um excelente lanche.

Evite farinha branca e açúcar em sua dieta, uma vez que estes itens podem ser muito prejudiciais para o organismo, sobretudo no caso de um processo de hipertrofia, mantendo energia depois do treino para trabalhar em uma empresa manutenção elétrica.

Suplementos específicos

Muitas pessoas não conseguem a quantidade necessária de proteínas para o processo de hipertrofia com a simples alimentação, por uma série de motivos que podem variar desde a falta de tempo para todas as refeições ou por restrições alimentares, como alergias.

Para quem pratica musculação frequentemente e está procurando especificamente esse processo de ganho de massa, isso pode ser bastante problemático. Por conta disso, muitas pessoas acabam utilizando processos de suplementação em sua alimentação.

O mais comum e conhecido de todos estes é o Whey Protein. Essa proteína é extraída do leite, no processo de transformação para fazer o queijo.

Trata-se de uma das principais ferramentas para auxiliar o ganho de massa muscular, uma vez que possui um alto valor de recuperação do músculo.

Os aminoácidos também são muito procurados por atletas de musculação, e são produtos comuns em lojas especializadas. Eles são muito importantes para auxiliar a recuperação dos músculos, devendo ser ingeridos após o treino.

Além disso, os aminoácidos podem ajudar a produzir energia, caso sua dieta esteja com poucos carboidratos. Um suplemento muito ligado a atividades de alto impacto, a creatina é excelente para dar mais força muscular e reduzir o cansaço e a fadiga.

Considerações finais

A hipertrofia é um processo que demanda uma atenção especial para qualquer pessoa que está buscando um resultado estético como esse. Por isso, é preciso entender como fazer esse processo e quais cuidados tomar para fazê-lo de maneira mais saudável.

O acompanhamento de profissionais é muito importante para um resultado adequado, uma vez que é possível se machucar seriamente ao fazer exercícios de forma inadequada, e sua saúde deve ser um dos principais focos para a hipertrofia.

Com foco e dedicação, é possível conseguir um corpo com hipertrofia do jeito que você imaginou.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Nutricionista Gustavo Schneider

Nutricionista CRN2 8501 - Formado pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali) e Especialista em Nutrição Esportiva pela Universidade Gama Filho (UGF). Entusiasta do uso de suplementação alimentar consciente e alimentação saudável

Separamos estes conteúdos especialmente para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Go up