5 benefícios dos suplementos alimentares para uma vida mais saudável

A atual vida moderna está cheia dos hábitos alimentares não muito saudáveis: alimentos congelados, fast foods, alimentos processados ​​e outros alimentos que são prejudiciais ao corpo - todos levam a dietas desequilibradas e causam perda nutricional a longo prazo. Portanto, os suplementos alimentares parecem complementar a dieta de atletas profissionais e praticantes de exercícios, e estão interessados ​​em melhorar seu desempenho, manter uma alimentação saudável e alcançar uma melhor qualidade de vida, assim como ter o seu metabolismo acelerado para ajudar a manter uma boa forma.

Os tipos de suplementos possuem variações mediante as necessidades e objetivos de cada pessoa. Porém, é possível citar uma série de benefícios que podem ser extraídos de sua utilização, desde que sejam utilizados de forma orientada e com responsabilidade.

Saiba mais sobre os 07 principais suplementos vitamínicos

Resumo deste maravilhoso conteúdo

O que são os suplementos alimentares?

Os seres humanos precisam de uma dieta adequada e variada para poderem absorver todos os nutrientes necessários para desenvolver e manter uma boa saúde. Alguns estudos mostraram que o corpo nem sempre absorve a quantidade de que necessita para o funcionamento normal. Nestes casos, os suplementos alimentares irão substituir o que o corpo não absorveu dos alimentos ou que consumiu em excesso. Suplementos alimentares são quaisquer substâncias que ajudam a completar os efeitos dos alimentos naturais quando as escolhas alimentares na dieta são limitadas. Um nutricionista deve sempre ser consultado para ajudar a escolher o suplemento mais adequado para a dieta de todos e atividades diárias. Ao mesmo tempo, não ignore a importância da nutrição normal. A nutrição normal deve conter uma rica variedade de carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais.

Veja os principais tipos de suplementos alimentares?

  • Aminoácidos: as pessoas que pretendem aumentar a massa muscular magra são as que podem obter mais benefícios da suplementação de aminoácidos, isso pelo motivo de serem responsáveis ​​pelo aumento muscular e pela recuperação das fibras musculares danificadas durante a prática de atividades físicas;
  • BCAA: (Aminoácidos de cadeia ramificada) L-leucina, L-leucina e  L-valina representam 30% da proteína muscular e são importantes para pessoas que se exercitam por muito tempo porque são usadas como fontes de energia. Pesquisas científicas mostram que a suplementação de aminoácidos de cadeia ramificada antes e durante o exercício pode prevenir a fadiga central e proporcionar a redução dos sintomas comuns de supertreinamento, baixo desempenho e depressão;
  • Carboidratos: usado como a principal fonte de energia instantânea para o corpo e o mais nobre nutriente para o cérebro. Os praticantes de exercícios frequentemente precisam usar suplementos à base de carboidratos para atender às necessidades crescentes do corpo. Um suplemento básico para corredores, nadadores, ciclistas,  jogadores de futebol e outros atletas envolvidos em atividades de médio a longo prazo. O carboidrato mais comumente usado no exercício é a maltodextrina (carboidrato complexo com baixo índice glicêmico), ideal para atividades de longo prazo. É seguido por glicose e frutose (carboidratos simples com alto índice glicêmico). É muito adequado para repor rapidamente a glicose muscular para recuperação após praticar exercício;
  • Glutamina: se trata do aminoácido mais presente no tecido muscular. É também a matriz energética mais utilizada, como "alimento" das células de defesa do corpo humano, fortalecendo o sistema imunológico, reduzindo bastante as chances de infecções, gripes e resfriados, além de prevenir o catabolismo muscular causado pelo overtraining. Em certos casos, também pode ser convertido em energia muscular;
  • Hipercalóricos: esses são produtos compostos de carboidratos e proteínas, feitos especialmente para pessoas que desejam ganhar peso (massa magra) consumindo calorias extras. A melhor proteína hipercalórica é aquela que fornece mais valor biológico (melhor qualidade). Também pode ser usado como substituto de refeição para pessoas que não têm tempo suficiente para preparar as refeições;
  • Hiperproteicos: shake com uma alta concentração de proteína e muito baixa ou nenhuma concentração de gordura. Os hiperproteicos mais comuns são os compostos por Whey Protein, porque contém mais aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA) e glutamina. A Whey protein também é amplamente utilizada por pessoas que desejam viver uma vida mais saudável e manter uma aparência bonita;
  • Whey Protein: conforme mencionado anteriormente, esta é a proteína que possui uma melhor qualidade em termos de mapas de aminoácidos. É também chamada proteína de soro de leite (lactoalbumina) e possui alta pureza. É comumente indicado quando a finalidade é hipertrofia ou para auxiliar na manutenção da massa corporal magra.

Veja quais são os 5 benefícios oferecidos pelos suplementos alimentares

1- Consegue reparar os músculos e tecidos

Durante e após a atividade física, nosso corpo precisa de mais nutrientes, eventualmente removendo-os dos músculos e outros tecidos. Isso acontece pelas células serem sobrecarregadas de estresse oxidativo por causa do aumento dos radicais livres produzidos pelo metabolismo e requerem mais aminoácidos, que estão presentes nas proteínas.

Sem esses substitutos de nutrientes, a atividade física pode levar à diminuição da massa magra, principalmente no caso de exercícios aeróbicos. Além disso, a sua deficiência também está relacionada a uma chance maior de se lesionar. Portanto, os suplementos de proteína são uma boa escolha para pessoas que desejam uma recuperação muscular melhor.

2- É mais prático

É inegável que grande parte da popularidade dos suplementos alimentares advém de sua praticidade, pois são rapidamente absorvidos, fáceis de ingerir e podem ser transportados para onde quiser, que pode ser em pó ou em comprimidos. São perfeitos para quem está ocupado todos os dias e não tem tempo para fazer a refeição ideal que possua todos os nutrientes necessários ao funcionamento normal do organismo.

Porém, vale ressaltar que os suplementos não devem substituir totalmente a dieta alimentar, mas devem ser utilizados como elemento auxiliar de uma alimentação balanceada. Além disso, é útil consultar um nutricionista para determinar suas necessidades diárias e o que melhor se adapta às suas necessidades.

3- Podem aumentar a imunidade

Alguns suplementos, como a glutamina, mostraram apoiar o sistema imunológico, participando diretamente na síntese de anticorpos ou estimulando indiretamente a proliferação de células brancas do sangue. Existem também suplementos vitamínicos que contêm uma variedade de compostos antioxidantes; portanto, além de prevenir certos tipos de doenças (como o câncer), eles também podem combater os radicais livres, ajudar a manter as células saudáveis ​​e prolongar a vida útil.

4- Podem repor os nutrientes mais rapidamente

Conforme mencionado anteriormente, após o treinamento, nosso corpo precisa repor os nutrientes usados ​​nas atividades físicas. No entanto, a maioria dos alimentos, especialmente os alimentos ricos em proteínas, são digeridos lentamente e não são transportados com rapidez suficiente, fazendo com que você perca masa magra. No que lhe concerne, os suplementos podem ser absorvidos pelo organismo mais rapidamente, fornecendo nutrientes poucos minutos após a ingestão, evitando assim o processo de apoptose.

5- Tem capacidade de oferecer manutenção nas funções do organismo

Com o tempo, nosso corpo tende a mudar seu comportamento. Portanto, uma pessoa com 20 anos pode ter um metabolismo bastante diferente aos 38 anos. Isso acontece porque o metabolismo tem tendência de desaceleramento e outras vias de energia são ativadas. Por exemplo, após os 40 anos, a tendência é o corpo humano usar mais proteínas em vez de carboidratos como fonte de energia.

Bônus

Muito além de todos os benefícios, o mais importante é segurança ao comprar os suplementos. Para isso você precisa conhecer bem o estabelecimento e caso compre online, é imprescindível que verifique se aquele site é seguro com relação a entregas e qualidade do produto.

Da mesma forma, alguns processos de oxidação se tornaram mais proeminentes, exigindo mais ingestão de vitaminas antioxidantes. A obtenção de todas as fontes de vitaminas e minerais apenas com os alimentos é mais difícil, pois geralmente recorrem a alimentos processados ​​com baixo valor nutritivo. 

Portanto, para quem busca uma vida mais saudável, a suplementação com multivitamínicas pode ser uma boa escolha.

Nutricionista Gustavo Schneider

Nutricionista CRN2 8501 - Formado pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali) e Especialista em Nutrição Esportiva pela Universidade Gama Filho (UGF). Entusiasta do uso de suplementação alimentar consciente e alimentação saudável

Separamos estes conteúdos especialmente para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Go up