Hoje em dia as pessoas estão cada vez mais conscientes da importância de usar a proteção bucal na prática de esportes. Grande parte dos traumas sofridos na boca está relacionada a essas atividades, e o uso desse equipamento é a melhor maneira para prevenir lesões graves.

Esse item é recomendado em qualquer idade e para todos os praticantes de desporto, independemente de serem atletas profissionais ou amadores. Afinal, acidentes durante essas atividades podem acontecer com qualquer um de nós, certo?

Se você ficou interessado e quer saber mais sobre esse equipamento, continue a leitura deste post!

Como funciona e para que serve a proteção bucal?

Esse item foi desenvolvido para absorver os impactos das quedas, colisões, pancadas e dos choques com objetos que ocorrem com muita frequência nas atividades físicas e nos esportes.

O uso do protetor bucal protege a mandíbula, os dentes, a língua, o queixo, os ossos e as bochechas. Sendo assim, ele previne os traumas e fraturas nessas estruturas, além de problemas na articulação temporomandibular e até mesmo lesões cerebrais.

O protetor também melhora a respiração e dá mais estabilidade nos movimentos, já que posiciona a mandíbula corretamente. Tudo isso ajuda no rendimento do atleta, visto que oferece mais segurança para que ele pratique o esporte.

Por que é preciso usar o protetor?

Se você se preocupa com a estética e a saúde bucal, já é um bom motivo para usá-lo. O protetor evita que traumas maiores possam prejudicar as estruturas da boca e da face, sendo um grande aliado para manter a sua integridade física ao praticar esportes.

Os traumatismos sofridos na região bucomaxilar, mesmo que não pareçam graves, podem acarretar em problemas sérios e que necessitam de tratamento para a sua completa recuperação.

Nessas lesões, os dentes podem sofrer traumas como fraturas, escurecimento do dente (tratamento de canal) ou avulsão dentária (perda do dente). Um dente quebrado precisa de restauração não só pela parte estética, mas também para estabelecer sua função. Esse tipo de trauma pode dar origem a infecções que o comprometem, causando dores e podendo levar a um futuro tratamento de canal, reabsorção da raiz ou à perda do dente em questão.

O protetor bucal é tão importante quanto os outros equipamentos de proteção como joelheiras, caneleiras e capacete. Portanto, use-o para garantir um cuidado maior com a sua saúde.

Vale ressaltar que o uso de proteção bucal é fundamental para as crianças durante as atividades físicas, principalmente porque traumas e fraturas em dentes de leite podem prejudicar o desenvolvimento dos dentes permanentes. Além disso, o caso da necessidade de um tratamento odontológico para recuperar uma pancada pode ser ainda mais complicado.

Em quais esportes o protetor bucal é indicado?

Muita gente acha que o protetor bucal só é recomendado em esportes de luta, como boxe, MMA, jiu-jitsu e outros, mas a verdade é que ele é indicado para a prática de qualquer esporte, mesmo os que aparentemente não provocam traumas facilmente como:

  • esportes em grupo (futebol, basquete, vôlei e outros) que promovem mais contato físico e, consequentemente, têm mais riscos de colisão;
  • atividades que têm mais chances de queda, como ciclismo, corrida, skate e outras;
  • treinos de musculação, ginástica e outros tantos, que também têm indicação para proteger os dentes e as estruturas adjacentes que estão presentes na boca.

Quais são os tipos de protetor bucal?

Existem diversos tipos desse acessório, sendo que há indicações para cada caso e para cada esporte praticado. Por isso, é interessante saber quais são os modelos de protetor bucal para que você possa escolher o mais adequado.

Protetor pré-fabricado

Esse é o mais simples e o mais em conta que existe. É encontrado em lojas especializadas em artigos esportivos e tem 3 tamanhos: P, M e G. Normalmente a adaptação não é das melhores, pois para que não caia da boca, o usuário precisa fazer uma pressão com os dentes, dificultando a fala e a ingestão de bebidas.

Protetor termoplástico

Esse tipo de protetor permite ser moldado aos dentes: basta colocá-lo em água quente até amolecer, passá-lo pela água fria e colocar na boca, fazendo pressão com a língua e os dedos para que tome o formato da arcada dentária. Ele é mais confortável do que o pré-fabricado e também pode ser achado facilmente para comprar.

No entanto, se moldado de forma errada, pode afetar a eficácia do produto, reduzindo o nível de proteção.

Protetor personalizado

Esse modelo é feito a partir do molde da arcada dentária do usuário e produzido em laboratórios específicos. Sendo assim, é o que proporciona mais conforto e interfere menos na hora de falar e da ingestão de líquidos. Além da personalização de acordo com os dentes, o produto pode ser feito em cores e conter as imagens que o cliente preferir.

A proteção oferecida por esse tipo de protetor é a mais completa. Ele é utilizado por atletas profissionais e tem um custo bem mais elevado do que os modelos citados anteriormente.

Quais são os cuidados com o protetor bucal?

O produto deve ser lavado em água fria e com sabão neutro, e depois de seco tem que ser guardado no estojo próprio. Ele também não pode ser fervido ou ficar em ambientes muito quentes por risco de deformidade. Além do mais, o protetor não pode ser mordido para não diminuir sua eficiência, e tem durabilidade de cerca de um ano.

A proteção bucal faz parte dos equipamentos de segurança fundamentais para a prática de esportes e atividades físicas. A sua utilização oferece mais proteção contra os traumatismos nos dentes, na boca e região maxilar, e ajuda no rendimento do desporto. Por isso, se você ainda não faz uso desse acessório, escolha um e comece já!

Está convencido da importância do protetor bucal e quer saber onde encontrá-lo? Nós temos o ideal para você! Entre em contato conosco e confira as nossas opções!