Logo que começamos uma nova atividade física ou intensificamos os exercícios, é comum que apareçam dores nos músculos. Há vezes em que a sensação é tão intensa que se torna impossível continuar com os treinos e, até mesmo, realizar tarefas básicas do dia a dia. Mas, afinal, o que fazer para aliviar as dores musculares?

Saiba que existem alguns cuidados simples, mas muito eficazes, para atenuar esses incômodos e, assim, voltar à rotina mais rapidamente. Quer saber como aliviar as dores musculares sem prejudicar os seus resultados? Então, continue lendo este post e anote as dicas!

Não pule o aquecimento

Na empolgação ou na pressa para começar a série de exercícios, muitas pessoas não se lembram de aquecer o corpo. Essa é uma etapa muito importante do treino, porque ela prepara os músculos para os exercícios, evitando lesões e melhorando o rendimento.

Além disso, alguns minutos de atividades mais leves após a prática, como alongamento e relaxamento, também ajudam na redução dos incômodos musculares e na recuperação de energia.

Tenha uma alimentação saudável

Uma dieta de boa qualidade, equilibrada e rica em nutrientes fortalece o organismo e dá substrato para a reparação dos músculos. Além disso, alguns alimentos são muito indicados para quem quer aliviar as dores musculares, como os ricos em ômega-3.

Essa substância é uma gordura poli-insaturada que contém ácidos graxos essenciais e, assim, atua no organismo como um anti-inflamatório natural, auxiliando na reparação muscular e minimizando os desconfortos.

O ômega-3 é encontrado em peixes de águas frias, como salmão e sardinha, nas nozes, na chia, na linhaça e no abacate. A suplementação desse nutriente também é uma maneira de garantir o consumo adequado, porém, para que o uso seja eficaz, é importante contar com orientação profissional.

Outro ingrediente essencial para recuperação muscular é a proteína. Este importante nutriente é fundamental para reparação das microlesões musculares causadas pela prática esportiva. Uma boa forma de repor proteínas é a utilização se um suplemento de whey protein logo após sua sessão de treinos.

Descanse bem

O repouso é imprescindível não só para reparar os músculos, como também para que eles se desenvolvam. Se você estiver com muitas dores em determinado grupo muscular, dê um tempo para ele e não faça exercícios que possam forçá-lo até que o desconforto diminua.

Aliás, o sono também é parte fundamental, pois é durante o turno em que estamos dormindo profundamente que o organismo regenera as células e libera substâncias que promovem o crescimento das fibras musculares.

Faça massagens relaxantes

As massagens ativam a circulação e, assim, possibilitam que o sangue leve mais nutrientes e oxigênio para as células. Além disso, os movimentos de amassamento relaxam as fibras musculares, reduzindo os incômodos causados pelo esforço gerado durante a prática física.

Muitas vezes não é possível contar com a ajuda de um profissional para efetuar uma massagem relaxante. Sendo assim, uma dica interessante é a utilização de um rolo de liberação miofascial. Este equipamento possibilita a auto-liberação de forma simples e muito eficaz.

Evite remédios anti-inflamatórios

Usar medicação anti-inflamatória reduz a eficácia do treino. Isso mesmo! Tomar esse tipo de substância para aliviar as dores musculares pode atrapalhar todo o seu plano.

O que acontece é que esse tipo de medicamento interrompe o processo metabólico necessário para o desenvolvimento dos músculos. Logo, não consuma remédios anti-inflamatórios e prefira as alternativas naturais, a exemplo das dicas anteriores.

Para aliviar as dores musculares, nada é melhor que integrar bons hábitos à rotina de treinos, como as opções que te mostramos neste post. Essas ações são fáceis de executar e funcionam como aliadas importantes para prevenir lesões e dores intensas após os exercícios físicos.

Quer saber mais sobre as nossas dicas de saúde e bem-estar ? Siga-nos nas redes sociais: estamos no Facebook, no Instagram e no YouTube!