Termogênicos: entenda mais sobre eles

Os alimentos termogênicos são os que consomem uma quantidade de energia acima do normal para serem digeridos. Por conta disso, estes alimentos são considerados grandes aliados no processo de perda de peso.

Esse elemento pode ser encontrado tanto em suplementos alimentares quanto em alimentos naturais. Inclusive, é importante procurar informações em embalagens de papel para alimentos para garantir os melhores resultados.

Entretanto, os termogênicos de suplementos muitas vezes podem não realizar sua função com tanta eficiência. 

Isso porque, eles estão diretamente relacionados à perda de peso, e não a queima de gordura. Em muitos casos, pessoas que buscam os termogênicos para ganhar mais energia para realizar atividades físicas acabam não conseguindo os resultados com suplementos.

Por isso, é interessante procurar sempre os termogênicos naturais, que são muito mais seguros e podem auxiliar tanto no processo de energia quanto na perda de peso. Dentre os mais comuns, é possível citar:

  • Gengibre;
  • Hibisco;
  • Nozes;
  • Pimenta.

Estes itens podem fazer parte de qualquer dieta, ajudando a aplicar de maneira mais concisa os termogênicos em sua alimentação e aumentando seu potencial de dieta, agindo, inclusive, como uma divisora de massa com alto percentual de gordura.

Quando você ingere algum alimento, os músculos de seu trato intestinal aceleram a contração, além de produzir sucos digestivos e gerar a necessidade de energia para a absorção dos nutrientes.

O nome desse processo em si é termogênese, que representa o fato de o seu organismo consumir energia e produzir calor nesse processo. Os alimentos termogênicos são aqueles que precisam de mais energia que outros.

Neste caso, quando você ingere um alimento desse tipo, ele acaba usando as reservas de energia para fazer a digestão corretamente, queimando assim a gordura e o glicogênio para conseguir realizar esse processo.

Por conta da queima de glicogênio, os alimentos termogênicos também são muito importantes. Isso porque o glicogênio é a forma como o corpo armazena a energia que vem dos carboidratos, necessária para um bom trabalho em uma empresa de instalações elétricas, porém altamente calórico.

Por conta desse processo, o corpo acaba se desfazendo de calorias, principalmente quando você alinha a alimentação com a prática de exercícios físicos de alguma forma. Isso ajuda na questão de perda de peso, sem que você precise se privar de qualquer alimento.

Isso não significa que você pode exagerar, entretanto. A eficácia dos termogênicos depende tanto do tipo de alimentação que você está utilizando quanto da quantidade de comida ingerida, sendo importante pensar nesses pontos quando estiver trabalhando com isso.

Todo alimento ingerido por um ser humano possui um efeito termogênico, mas os alimentos que entram nessa categoria são aqueles cujo efeito é mais destacado que em outros, acentuando o potencial de produção do organismo.

Normalmente as proteínas são consideradas com a maior quantia, seguidas de perto pelos carboidratos e com a gordura em último lugar.

Dependendo de sua alimentação, é possível elevar a temperatura central do corpo, ajudando-o a gastar mais energia com a digestão, permitindo que você fique mais atento em seu trabalho com uma empresa de jardinagem, por exemplo.

Vale lembrar que o excesso pode ser bastante prejudicial, por isso, é interessante que você mantenha sua dieta balanceada para evitar problemas. Muitas vezes, aproveitar uma dieta prescrita por um profissional pode ser o melhor caminho para sua saúde.

Resumo deste maravilhoso conteúdo

Conheça os melhores alimentos termogênicos

Agora que você consegue compreender o que são os alimentos termogênicos e sua função, é importante ter em mente o quanto pode ser explorado com esse tipo de recurso, principalmente para melhorar sua energia.

O consumo destes produtos deve ser feito com consciência, uma vez que cada pessoa é única e possui suas próprias necessidades metabólicas. Quanto mais você ingerir estes alimentos sem necessidade, mais estará próximo de ter problemas.

Procure manter uma dieta balanceada e com variedade, para assim nutrir o corpo com os elementos necessários para você emagrecer com saúde e trabalhar a queima de energia de seu corpo com qualidade, trabalhando, por exemplo, em uma empresa de medicina do trabalho.

Pois bem, entre os principais alimentos é possível citar:

1 - Óleo de coco

O óleo de coco é um dos alimentos mais termogênicos que existe, superando até mesmo as proteínas. Isso porque os ácidos graxos presentes no alimento são grandes estimulantes do metabolismo.

Por isso, muitas pessoas acabam abrindo mão de fontes de gordura para se beneficiar do efeito gerado pelo óleo de coco, embora essa substituição deva ser feita com alguns cuidados em mente.

Isso porque o óleo de coco, assim como qualquer outro tipo de óleo, deve ter sua ingestão mais limitada. Trata-se de um item altamente calórico, e essa limitação é feita pensando na saúde da pessoa que está adicionando-o na alimentação.

Duas colheres de óleo de coco representam cerca de 100 calorias. Por isso, é importante manter um controle adequado sobre o consumo deste item para garantir mais saúde e qualidade de vida para a pessoa, seja durante um exame admissional para empresas ou qualquer atividade.

2 - Alimentos com fibras

Alguns alimentos são muito ricos em fibras, especialmente a aveia, o arroz integral e a quinoa. Com estes produtos, o trato intestinal tem mais dificuldade de absorção, sendo necessário um esforço muito maior para absorvê-los.

Por conta desse esforço, o corpo acaba queimando mais do estoque de gordura para gerar a energia necessária para este fim, fazendo com que esta fonte de carboidrato passe por todo o trato gastrointestinal sem aumentar a glicose, como no caso de outros alimentos.

Por conta disso, produtos ricos em fibra se tornam grandes aliados para pessoas que estão procurando perder peso para se adequar a uma análise ergonômica do trabalho, lembrando que atividades físicas ainda são muito relevantes para esse tipo de ação.

3 - Pimentas

As pimentas são ricas em uma substância conhecida como capsaicina, que é responsável por aumentar a produção de calor no corpo humano. Esse processo aumenta a transpiração, auxiliando a perda de peso como um todo.

Existem muitos tipos diferentes de pimenta, desde algumas mais suaves e saborosas até as realmente muito ardidas. Entretanto, é preciso cuidado com esse tipo de alimento, principalmente se você não estiver acostumado com comida picante.

O ideal é começar com pimentas mais leves, e caso encontre seu limite, não há necessidade para excedê-lo, uma vez que você pode acabar com problemas reais pelo excesso de pimenta, além de passar mal com a ardência.

Para aqueles que gostam da sensação que a pimenta oferece, ainda sim é preciso tomar cuidado com limites, uma vez que esse alimento pode ter um forte impacto no organismo como um todo.

4 - Canela

A canela é um alimento que divide opiniões. Algumas pessoas realmente não gostam da utilização de canela como tempero para nenhum tipo de alimento, enquanto outros são apaixonados pelo sabor da especiaria.

Para os fãs de canela, ele é um dos principais alimentos no controle de peso, uma vez que consegue controlar melhor o açúcar no sangue da pessoa. Isso por conta de um composto presente na canela, chamado cumarina.

Esse composto dilui o sangue, levando ao aumento da circulação e aumentando o metabolismo como resultado. Por conta disso, a canela se tornou um importante alimento termogênico.

Além disso, essa propriedade de controle da glicose também auxilia pessoas com diabetes tipo 2, além de ser benéfico para pessoas com problemas tanto cardíacos quanto circulatórios, sendo auxiliado por materiais hospitalares. Entretanto, nem só de benefícios vive a canela.

O excesso de cumarina pode levar a severos danos no fígado, além de interferir em medicamentos específicos para o afinamento do sangue. Por isso, é importante que você tenha atenção na quantidade de utilização desse tipo de alimento.

5 - Gengibre

O gengibre é outro alimento termogênico muito comum, que acelera o metabolismo e aumenta a produção de queima de gordura. Entretanto, ele tem um gosto forte e não combina com qualquer alimento.

Algumas culinárias étnicas, como a japonesa, tem o costume de usar o gengibre, e combinam muito bem o alimento com uma série de pratos. Seu gosto acentuado, entretanto, não é para todos os paladares.

Para muitas pessoas, o gengibre fica melhor em líquidos, seja em chás ou acompanhando águas saborizadas e outros elementos, mantendo ainda assim suas propriedades benéficas e ajudando na termogênese.

6 - Nozes

As nozes são um alimento com fibra dietética, gordura e proteína. Todos estes elementos são termogênicos, e em conjunto fazem uma grande diferença no organismo.

Além disso, trata-se de um lanche extremamente saudável, ideal para comer entre refeições, pois oferece energia e nutrientes sem ser muito volumoso.

Considerações finais

Os termogênicos são alimentos fundamentais para uma dieta saudável, e possibilitam uma perda de peso consciente e com saúde e qualidade de vida. Por isso, é muito importante procurar esse tipo de alimento para sua dieta.

Entretanto, é preciso ter em mente que excessos sempre são danosos, mesmo de alimentos considerados saudáveis, e é importante você evitar esses excessos para não gerar problemas no futuro.

Pensando nisso, é muito importante você procurar sempre ajuda profissional para suas ações, permitindo um resultado melhor a longo prazo para esse tipo de ação.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Nutricionista Gustavo Schneider

Nutricionista CRN2 8501 - Formado pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali) e Especialista em Nutrição Esportiva pela Universidade Gama Filho (UGF). Entusiasta do uso de suplementação alimentar consciente e alimentação saudável

Separamos estes conteúdos especialmente para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Go up