Entenda a importância de escolher o tênis correto para cada esporte

Veja porque a escolha merece atenção e como comprar o modelo certo para cada tipo de exercício

A prática de esportes é benéfica em muitos pontos, pois é o caminho para quem quer uma vida com mais bem-estar, hoje e no futuro. Mas, se você acredita que é só começar a se exercitar de repente e sem preparo, está enganado. 

Ter as roupas certas e um tênis confortável faz toda a diferença, uma vez que contribui com a mobilidade e protege os músculos e articulações. Entenda toda a importância por trás do calçado correto e veja como escolher o seu. 

Resumo deste maravilhoso conteúdo

Escolher o tênis correto: por que é importante?

O tênis faz toda a diferença no rendimento e nos resultados de um treino, sabia? Estar com o calçado adequado pode ajudar tanto na realização dos exercícios quanto na manutenção da saúde das articulações e músculos. 

Por isso, antes de começar a se exercitar, é preciso buscar o tênis correto para seu tipo de atividade, a fim de evitar problemas futuros. Isso é ainda mais importante para quem tem alguma dificuldade de mobilidade ou dores nas articulações. 

Quem sofre com essas dores (como as causadas por artrite e artrose) ou apresenta sobrepeso, precisa sempre buscar tênis com bom amortecimento, para não sobrecarregar os joelhos e levar a problemas mais sérios. 

Alguns dos principais pontos a serem observados antes de comprar um tênis para exercícios são: 

  • que tipo de esporte pretende realizar;
  • quais são os agravantes físicos (como obesidade);
  • se há algum problema nas articulações; 
  • se há algum problema de mobilidade;
  • quanto tempo de exercício será feito diariamente. 

Como escolher o tênis correto

Alguns indicativos podem definir o estilo de tênis a ser comprado, mas o mais importante desses tópicos com certeza é o primeiro, que influencia diretamente na escolha. São muitas possibilidades de calçado, acompanhe a seguir. 

Caminhada

A caminhada é um dos exercícios mais comuns para quem está começando ou tem alguma questão com mobilidade. É considerado uma atividade de baixo impacto, ou seja, de maneira geral, não prejudica os músculos e nervos. 

Ainda assim, o tênis mais indicado é com amortecedores, pois diminuem ainda mais o impacto com o chão. Esse modelo ajuda tanto pessoas sem agravantes quanto aquelas que podem se machucar por serem muito sedentárias, terem sobrepeso ou problemas com as articulações. 

Corrida

Por ser uma atividade de alto impacto, o tênis precisa ter amortecimento para evitar que o peso  chegue às articulações, nervos e músculos. Além disso, também precisa ser confortável para não machucar o pé em treinos intensos. 

A maioria das marcas conta com linhas especializadas para corrida, com tecnologias que contribuem ainda mais para evitar problemas de saúde decorrentes desse tipo de exercício. Vale a pena procurar por esses modelos. 

Exercícios de força 

Os exercícios de força, como musculação, são considerados de baixo impacto, tendo ainda menos exigência que a caminhada, por exemplo, já que a movimentação é menor. Embora os tênis com amortecimento sejam utilizados, o ideal são os modelos de solado reto. 

Eles permitem uma maior estabilidade, ajudando em um movimento mais correto, evitando possíveis lesões e, por consequência, trazendo mais resultados. 

Exercícios funcionais 

Por misturar exercícios aeróbicos e de força, pode haver uma confusão sobre qual o melhor tênis. Nesse caso, o importante é se atentar aos exercícios a serem realizados e qual  forma de impacto eles geram. 

Se o treino é predominantemente de força, o solado reto pode ser o mais indicado. Se tiver muito aeróbico, o melhor mesmo é usar um tênis com amortecimento para garantir a proteção. Lembrando também que o tênis tradicional com amortecimento também pode ser utilizado nos treinos de força, sem prejuízo para a saúde. 

Ciclismo 

O ciclismo é uma atividade que exige uma série de equipamentos especiais de proteção — e isso inclui os tênis. Quem anda com bicicletas profissionais precisa ter um tênis específico que se encaixa com o pedal e garante a segurança.

Quem anda de bike tradicional pode optar por tênis de solado reto, que também dão mais estabilidade. Nesse caso, o intuito é melhorar a ergonomia, já que não são alcançadas grandes velocidades e não há impacto direto com o chão.

Nutricionista Gustavo Schneider

Nutricionista CRN2 8501 - Formado pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali) e Especialista em Nutrição Esportiva pela Universidade Gama Filho (UGF). Entusiasta do uso de suplementação alimentar consciente e alimentação saudável

Separamos estes conteúdos especialmente para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Go up